Ao Francisco

Vendo a lua cheia no céu

Maravilho me

E recordo uma criança pequena, dois anos apenas,

Que me puxava pela manga do vestido,

Enquanto eu com fome, jantava.

Queria ir ao terraço, ver a lua.

E insistia: “Vamos ver a Ua mamãe, vamos ver Ua¨

Com dificuldade, interrompia meu jantar e com ele ia ao terraço para admirar a lua.

Não sabia se me encantava mais com a magnificência da lua cheia ou se com o sentimento estético, tão desenvolvido daquela alma que mal desabrochava.

Ribeirão Preto, 26 de novembro de 2021.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: